terça-feira, 18 de setembro de 2007

.2+2=5.




Ela procurava uma pasta no velho guarda-roupa e um movimento errado fez tudo cair sobre si. Vários lençóis, caixas velhas... Coisas que ela nem lembrava que existiam! Seus olhos petrificaram ao encarar uma caixa antiga e cheia de poeira largada no fundo... As coisas no chão de repente pareciam não existir e ela fitava sem acreditar a caixa púrpura.
Era como se um turbilhão invadisse sua cabeça e ela não conseguia fazer mais nada além de erguer os braços em direção ao objeto e de fato ele tinha um ímã chamado lembrança. Pegou a caixa e a levou para cima da cama... Ficou olhando para tal esperando que algo como uma bomba-relógio fosse explodir em suas mãos, mas nada aconteceu e ela pensou que não poderia ser mais perigoso que isso... Ela sabia que isso era mentira, mas seguiu em frente mesmo assim e jogou tudo em cima da cama.
Fotos, cartas, folhetos, ingressos, uma vida de memórias permaneciam ali, Intactas depois de anos! Era como assistir a um filme... Ver a vida de outrem!Leu as cartas que recebeu e perguntou-se pra onde todas aquelas pessoas tinham ido!Pra onde ela havia ido! No fundo da caixa achou um velho diário e não pôde conter-se... Começou a ler e riu bastante ao se deparar consigo tão boba e ingênua... Por quantas coisas ela havia passado depois de escrever aquelas linhas... Se os amores deram certo, se os filmes foram bons,se os anos foram serenos... Ela sabia de algumas respostas e sentiu uma dor que só se sente quando se depara com verdades... Perguntou-se se faria tudo igual, mas quem sabe dessas coisas? Provavelmente sim e mesmo que quisesse fugir antes do final alguma coisa a impedia. Se era a propensão pro desespero ou o que quer que seja, ela não sabia! Apenas guardava o passado numa caixa ao seu alcance, sempre num lugar diferente. Surpreendia-se com tanta mudança e sabia que sempre voltaria ao ponto de partida.

10 comentários:

amanda disse...

meniiiina, pode deixar sim que eu vou mostrar pra ele...e vc escreve muito bem , viu?
parabéns!
:*
:*

Nightingale Poe disse...

Putz...

Foi o que me aconteceu esse fim de semana. Você tem alguma máquina telepática? =O

Amo amo menina escritora.

Giovana disse...

Hum... semana passada aconteceu isso.
E lá se foram lágrimas, frio na barriga, saudade.
Ê vida!
Bjo amore

má disse...

todo munso passa por isso, né??
que saudade de tudo...êtalêlê
=/
líu, a sua coluna vai estrear quando? vão ser posts como esses aqui?
e depois me manda o site do JE que lógico que eu vou acompanhar tbm!!
beeeeeeeeeeijossss minha linda!!

linny disse...

como é bom passar por aqui...

adoro ler o que escreve...
super beijo e anciosa pelo que vem por ae...

asdeouro disse...

i have two suveniers boxes in by closet. :D
"[...]fugir antes do final[...]"...
ou viveria tudo exatamente igual? ;)
parafraseando o amigo gessinger.
adouro, alma.
:*
(L)

Diogo Braz disse...

Mais um ótimo texto. 2+2=5 é o nome de uma música do Radiohead, já ouviu?
Bjo

Tuku disse...

"Se eu soubesse antes, oq sei agora, erraria tudo exatamente igual" jah cantaram os engenheiros... quem naum tem uma caixa dessas? lembrar eh bom..

=)

rafaela disse...

Eu sempre me deparo com assim!!
tão sublime vc!
^^
=*

Regininha-A! disse...

Xuxuuu!
Escreveu pra mim, foi?!
Hauhauahauh... tenho minhas bagunças embaixo do guarda-roupas... todas as minhas agendas... diários... Fora o que eu guardo na memória..rs...
Vez ou outra, me dá uns surtos, e eu vou lá "reviver" meus momentos!

Amei!!!

Bjon! =).