segunda-feira, 3 de setembro de 2007

.multidão.






Era um lugar de muita gente.Uns que não se conheciam, outros que se viam sempre, gente que pensava que se conhecia...Aquilo despertou a curiosidade dela.Como será a vida de cada i,a daquelas pessoas? Adorava imaginar o que não podia confirmar...supor!
Do outro lado da rua estavam duas mulheres conversando.Uma tinha o cabelo curto e negro, caindo sobre o rosto magro e um pouco nebuloso. A outra era de cabelos longos e tingidos, ancaracolados e que reluziam o sol balançando sobre as costas.A 2ª mulher tinha uma maquiagem carregada, o que chamou a atenção dela...plena luz do dia!
Essas mulheres conversavam bastante e a de cabelos negros estava fazendo muitos gestos e parecia ficar sem palavras algumas vezes...já a outra não! Era muito mais decidida e parecia tomar rédias das coisas sempre! Mas de alguma forma ela parecia ter problemas! Ela ficou analisando a cena e quis supor o que estava acontecendo...
[A de cabelos negros está muito preocupada pq ela acha que ela é um problema...coitada!Num sabe ela que essa aí que se diz amiga dela é uma onça! pronta pra dar o bote nela! aposto que ela trama todos os dias como ter tudo o que é dela. e a pobre chora todos os dias achando que ela está errada, mas isso tudo pela influência da ¹amiga¹. Mas não pode ficar assim não! Eu vou lá e vou dizer tudo o que eu "sei"!]
Ela começou a se mover em direção às mulheres e quando pôs os pés na rua um carro passou a toda velocidade e por um milésimo de segundo ela não virou montagem de criança. [NOSSA!! o que foi isso??]
Continou andando e quando estava chegando perto ouviu um abraço apertado e uma delas dizer:-"Mãe...eu volto logo, prometo!Eu preciso dessa experiência!...e esta enchugou as lágrimas da outra.
Ela recuou com um pouco de vergonha pelo seu desvairio e pensou que iria parar de ler aqueles livros de auto ajuda!Eles não poderiam mesmo fazer bem à sanidade alguma!

Nenhum comentário: