sábado, 22 de setembro de 2007

.ShhhhhhhhH.


Ele perguntou e ela disse que não!Teve medo mas era isso que a fazia continuar.Não pensou duas vezes.Não contaria a verdade.Ele não compreenderia!Não havia espaços para descobertas e ela não pensou em consequência nenhuma.Estava tão cheia de mentiras que já acreditava em si.Pra ela todas realmente aconteceram.Talvez sonhasse com elas.Fosse dormindo, fosse acordada, ela só queria melhorar as coisas.Talvez não fizesse por mal, era a saída mais fácil.Em casa, sozinha com as verdades, sentia pena de si.Não tinha certeza se era tarde demais para voltar atrás e desejou que nunca tivesse começado aquilo.O telefone que não tocava e ela agradeceu.Não queria continuar e falar era um começo perigoso!Todos os dias dizia que não faria mais e a campainha tocou...
-Você jura que fala a verdade?
-Juro!
abraçaram-se e nele o alívio! Nela a vantagem!
Era tão convincente que decidiu continuar mais um pouco.Ninguém descobriria, ela era boa demais.Talvez isso também fosse mentira, mas ela sempre acreditava primeiro!

4 comentários:

Dinho. disse...

Tititi :~

Nem entendi muito bem o final, afinal quem tá errado? o.o

Bixinha dela :~


:*

lise disse...

ela se ferra um dia...mata a alma e envenena

=x

:*

Ludmila: uma garota simples + q... disse...

é continuação?

Diogo Braz disse...

iaê, é continuação? hehehe