quarta-feira, 20 de fevereiro de 2008

- Colunista - Do - QuartO -

Boa quarta leitores! Fiquei muito contente de ver os comentários no ultimo post!
Infelizmente não tenho nenhum post fuderoso (não que o ultimo o seja e que os próximos vão ser). Mas simplesmente andei sem cabeça essa semana. Alguém ai já passou uma semana sem cabeça pra coisas? Aéreo, perdido, perdendo o chão, catando cacos, dando com a cabeça na parede (apesar de estar sem ela).
ô textinho metafórico. Mas pois é, andei sem cabeça, com um rio de saudade correndo na veia. A pessoa sem cabeça tenta parar e colocar os pensamentos em ordem, mas a cabeça na metáfora é a razão, sem ela os pensamentos vem vindo assim aleatoriamente, daí BUM! já era. O vento não lembra vento e as coisas não fazem muito sentido.
Engraçado que passei uma semana pensando na coluna e só agora, 30 minutos antes de ir pra faculdade e entregar o texto pra chefa que consegui! Próxima semana um texto sem pressa.


"To fumando o cigarro da saudade
e saudade escrevendo o nome dela."
[Cordel do fogo encantado - Quando o sono não chegar]

Espero que cabeças não rolem na redação depois desse post. =)


Post por: Arthur Gomes, o colunista que vem pras quartas! ;)

12 comentários:

Mila disse...

Não, moço do quarto!
Nada de cabeças rolando na redação!
Tenho certeza que os leitores fiéis farão aquela pressão (de leve) na Dona Lívia e ela vai perdoar sua semana difícil.
Aliás, melhoras pra você, rapazinho!

(dois)Beijos

.linny disse...

toda vez que queremos escrever algo legal, nunca sai e vem assim 30 min. antes de ir pra facul, rs

bjus livia e arthur.

Tarci disse...

Ola moço, engraçado como a saudade deixa a gente sem cabeça pra nada rsrs
Mais eu gostei do seu jeito de escrever viu!
Beijos e até proxima quarta.

Isabela disse...

Tá uma merda mermo. hueheuheuheu.


:*

» NaY « disse...

Que você encontre sua cabeça!
rs

Xerus
=***

E boa sorte!

nêga disse...

"...dando com a cabeça na parede (apesar de estar sem ela)."

ameiii! =D

Paula Calixto disse...

"a cabeça na metáfora é a razão"

E sem razão, entregue aos sentimentos, ele entrelaçou as palavras. Só assim.

Bom, muito bom!

Digno de análise: entrega à associação livre. (;

Beijos em ti e na Lívia.

Marília disse...

Eu também tô fumando esse cigarro! (Da saudade!).
Cordel do Fogo Encantado também me entende.

;)


Beijos

Fernanda Papandrea disse...

adorei a metáfora da saudade nas veias =)

lindo!
sei bem como é pensar no que escrever

hehe
beijos

Nightingale Poe disse...

Eu gostei do texto =]

Espero que a chefa não arranque sua cabeça... Se é que você a encontrou [a cabeça].

Beijos.

darsh. disse...

Eu ando meio sem braço.
Sabe como é?

Rabiscos pós biópsia disse...

Ela não vai encontrar sua cabeça, então, relaxa.
E já que tudo não faz muito sentido mesmo, o vento varre o que sobrou e traz aquilo que falta.

gostei do texto.

P.s. capaz até que a minha cabeça que tb não anda muito no lugar role! Faz uma data que não comento no blog da chefa, e logo hoje tive tempo e comentei no teu post. vixi!
vai sobrar pra mim. :-D