terça-feira, 26 de fevereiro de 2008

. Do latim venēnuM .

"O dia amanhece mais cedo que nunca..."
Era claro que de certa forma, ele amanheceria e os olhos continuariam ali.Pregados à face, ele corrigia cada gesto. Quando se tem a vontade de fazer o que não pode. Quando quem não pode é você e o mundo não gira em torno disso. Pior quando você sabe!
Perto de algum coração, a lâmina duvidosa ainda cortava.Acredite,era venenoso! Alguns efeitos colaterais de batimentos acelerados argumentavam com certa parte do cérebro. Tomava-se partido então! É como explicar o que não tem explicação.Seria como definir algo indefinível. A cabeça tomava rumos que ela não entendia e cada vez mais o pescoço pulsava, a testa encurtava, a tv saia por um ouvido. A incontestável alegria do permanecer. A vertigem do saber.
Ela já pensava com a veia que tecia por dentro alguma certeza. Era novo e era lindo. Algo que nasce de si quando menos espera e derruba o seu mês. O veneno e o antídoto.Parecia nome de conto...parecia uma fábula infantil de tão inocente. Pensou em campos e em cabelos ao vento e quando tudo isso incomodou, olhou-se no espelho e pensou que não era autobiográfico...era a vida falando por si só!

9 comentários:

Juliana dos Anjos disse...

Liiiindo, liiiiiindo!
Amei, Lívis. :D

...era a vida falando por si só!

asdeouro disse...

se é veneno, foge dessa vida, deixa esse espelho e se aproxima numa lente mais clara, mais lúcida, pra refletir a sua alma boa, somente.
te amo.
:*

Rabiscos pós biópsia disse...

"A vertigem do saber", perfeito!
E quando a vida fala, e a gente consegue ouvir com os olhos da alma, o tal saber é menos zonzo.
;-)
adoro o que vc escreve.

beijos,
saudades.

Sarah disse...

Livis, eu ameiiiiiii esse post!
E vou continuar dizendo mais um trilão de vezes! kkkk
Amei!
:*

Tarci disse...

"Quando se tem vontade de fazer o que não pode"
eu sei bem o que é isso.
Vontade,vontade ...
aiai
Beijos!
O autoe da quarta abandonou o quarto?
rsrsrs

Nightingale Poe disse...

Veneno...

Tomei tanto nessa vida... Estou procurando o antídoto.

=]

amo amo
bisous!

Espuma Flutuante disse...

Esse jornalista do quarto é um gatxinho! Me dá o nome, número, cpf, rg, e-mail, orkut, endereço, data de nascimento...

PASSA A FICHA!

=************

Anônimo disse...

Binha?!
To me encontrando nos teus postes...
Ultimaente sinto vontade de fazer oq nao posso! Não é nem que não possa, é que não depende soh de mim poder ou deixar de poder, entnde?!
É a vida falando que não posso sonhar tao alto, pois quanto mais alto o vôo maior a queda... =´(
aimmmmm....
hauhauhauauauh
tô muito dramatica hj!
bjim

Ass: Manuh*

Natty.Franco disse...

"Quando se tem a vontade de fazer o que não pode. Quando quem não pode é você e o mundo não gira em torno disso."

Quando querer não é poder...né?!

o.O