sexta-feira, 14 de março de 2008

.A garota dançA.





- Ah, quando eu era criança...
-O que tem?
-O mundo cabia nos meus desejos! Tudo dentro de uma sacola!




Reconhecer-se em si é um fato que acontece poucas vezes na realidade escancarada. Como era absurdo o fato das horas correrem sem ao menos uma solução.Ah, não! Vestia-se de angústia no banheiro.Ela não se tira para lavar e de acordo com os dias, o mau cheiro enfestava o quarto.O espelho já não ajudava.
Achava muito feio o jeito como as folhas sempre sujavam o quintal, mas elas ainda estavam lá...o vento carregava. Era a mesma brisa que secava os cabelos de camomila e lhe contava um prenúncio.Ele vinha com um filho.Cheio de fé e abraços. Ainda era tudo muito difícil e tudo tão roda-gigante.Coisa de namorados.Sem o namorado! Ela enfim, parou! Sabe, assim, quando os acontecimentos não te respeitam? Odiava mais que as folhas no quintal, a forma vulgar de tomar partido...e quando ainda assim, mudava de idéia na última hora.
A madrugada chegava e ainda assim, a perseguia; A luz no rosto cegava o pensamento.Ele já não morava ali.Dentro.Carro.Porta.Chave.Ruído.Vão.
-Não dá pra entender...
-Não dá mesmo! Eu só te digo para aproveitar enquanto tem graça...
Fechou seus armários. A sacola no chão esborrava o mundo.









Foto por Liu Moura--> http://www.flickr.com/photos/liumoura/

20 comentários:

Natty.Franco disse...

"Como era absurdo o fato das horas correrem sem ao menos uma solução.
[...]
Ele vinha com um filho.Cheio de fé e abraços. Ainda era tudo muito difícil e tudo tão roda-gigante.Coisa de namorados.Sem o namorado! Ela enfim, parou!"


Você, você...como sempre escrevendo tanto!! E eu não digo quantidade...qualidade!!!

;o)

darsh. disse...

"-Não dá pra entender...
-Não dá mesmo! Eu só te digo para aproveitar enquanto tem graça..."

E a graça acabou de acabar, e estou aos cacos.

Juliana dos Anjos disse...

É verdade, os acontecimentos não nos respeitam, as vezes. :/

Concordo com a Natty aí de cima. :)
Beijo, Lívis. :*

Nightingale Poe disse...

'Vestia-se de angústia no banheiro'

Me visto com todos os sentimentos no banheiro.
Para mim, nele, não apenas o chuveiro chove. Mas meus olhos também.

beijo flor!

Sarah disse...

adooooro sempre!
;*

"A madrugada chegava e ainda assim, a perseguia; A luz no rosto cegava o pensamento."

Estêvão dos Anjos disse...

"Reconhecer-se em si é um fato que acontece poucas vezes na realidade escancarada."

menina como me identifiquei com essa parte ^^

só q no meu caso ocorreu o contrário do caso da personagem. eu entendi q ela acreditava q dava para viver sem a companhia do carinha la e percebeu ao vê-lo com o pivetim dele q n era bem assim. deu a entender q eles estavm juntos e que ele teve um filho com outra impedindo o lance deles. ambos se gostvam so q tempo os afastara e a agonia dela ela pq as "horas correm sem solução", aquilo n se acabava e td "ainda era muiti dificil e tudo tão roda-gigante". em sua fraqueza em relação ao seu destino ela deseja retornar a ser criança para so assim ter o ela deseja.

Gostei q so desse, eu gosto de seus texto qnd eles ficam meio q incompletos e permitem essas viagens a gente cria em cima do q vc criou buscando dar continuidade ou interprtações q essas lacunas deixam.

bj polaca

Roberta Mylena disse...

PQP, TU É FODA PORRA...
EU SOU TUA FÃ, CARALHO!
desculpa os palavrões, eu precisava desistressar!
HUAHAUHAUAHUAHAU
tu escreve mt véi!
Eu te amo, num deixe d me amar nunca não!
:*

Anônimo disse...

mas que lindo!

» NaY « disse...

É, né... tem-se que aproveitar enquanto tem graça, pq nada é mais verdadeiro do que "não adianta chorar pelo leite derramado", já dizia minha vó...

Xerus
=***

Liu - a retratista. disse...

e a vida toda é tão roda gigante. acho que ás vezes queda livre... as vezes pouso leve... mas a graça é justamente essa... por mais que a gente pense o contrário.

adorei o texto! lucrecinha ficou linda com sua sacola cheia de vida...

darsh. disse...

ahh, mas eu adoro seus livros.
obrigada ;~

T@rci disse...

Mesmo pq tudo que é bom dura pouco né, e o pra sempre, sempre acaba.
Beijos!

T@rci disse...

Mesmo pq tudo que é bom dura pouco né, e o pra sempre, sempre acaba.
Beijos!

errrm disse...

Do I know you, sweetheart ?
:} Não li seu blog, porque estou indo dormir, mas coloquei nos favoritos pra ler mais tarde :*

Lorita disse...

Pq a gnt fica um caco qdo essas coisas acontecem né? às vezes o outro nem merece tanta dor vindo de nós....

bjm

Paula Calixto disse...

Ânsia de querer, sede de viver; ou o contrário disso. Pode ser?

O que importa é que tudo bate à porta; na bagagem: ela mesma não se cabe.

Espuma Flutuante disse...

Esse eu entendi melhor. :)

=****

somethinks disse...

'Coisa de namorados.Sem o namorado!'

bff, por onde for, quero ser sua fã, okay. (Y)
eiuasieouaosieuoasueoausoeasoeaousie.
:*

Xuxu disse...

entendi esse xuxu *_*

te amo viu!? continue escrevendo que vc eh boa demais (=

:***

somethinks disse...

BFF, aí tu escreve mais.
porque todo dia eu chego aqui ansiosa e nada, pô. :~
tô ficando chateadinha. ¬¬
:* (LLLLLLLLLLLLL)