domingo, 9 de março de 2008

.Para quando coloriR.



A personagem conhecia-se, mais do que imaginava. A ponto de saber o que fazia de errado. A ponto de não mudar. Não era questão de engano, era escolha. Eram caminhos arriscados...ela só não sabia qual deles.Qual devia usar? O suor, escorria pelo rosto e os lenços haviam acabado. A rua, cada vez mais suja, fazia do ar depósito de cinzas. Ela caminhava pela viela de barro com as velhas imagens acústicas.


Vez ou outra a discagem rápida a encarava. Apagou alguns números da agenda e era um primeiro passo para o ponto e vírgula (;). A mulher da banca vendia as revistas e cada vez mais corcunda, a assustou. É chegada a hora.


Da porta da cozinha, alguns cheiros abrangiam a lembrança.O passeio. Lembrar poderia ser ruim.Frases soltas na sopa da noite.Ela sentiu a diferença.Sentiu saudade de si, de novo,como quando se ouve uma música que se escutou muito, ou quando alguém na rua tem uma roupa que você usava. Como quando a sua vida já não te pertence e você vive de pena.


A pena não era de si, mas da mudança de sentido. A roleta russa apontava em sua testa e ela pensava o que era viver. Olhou ao longe as montanhas cada vez menos congeladas. As roupas ainda secavam.



-Entra...olha o sereno!


-Já vou...


Ele falaria algo como quem balbucia...mas preferiu só olhar mais um pouco.

Foto por Liu Moura---> http://www.flickr.com/photos/liumoura/2315735382/

10 comentários:

Espuma Flutuante disse...

Eu realmente não entendi muito o q aconteceu ai no texto... Ela lembrava de quem? Quem chamou ela pra entrar? Pq vc tá roubando as fotos da aline?

=*************

Sarah disse...

"Sentiu saudade de si, de novo,como quando se ouve uma música que se escutou muito, ou quando alguém na rua tem uma roupa que você usava. Como quando a sua vida já não te pertence e você vive de pena."

Meu Deeus... cada dia eu gosto mais!
;*

Juliana dos Anjos disse...

Tu virou chefe da irmã do Tukú também?! HAUIHAIUAHAIUA..
Beijo. (L)
:*

Tarci disse...

As vida é uma montanha russa sempre, e as vezes escolhemos o caminho mais compliado né.Parece sempre que estamos brincando de roleta russa , uma escolha errada e pronto, acabou-se " o mundo" .
Beijos.

Lah Leite disse...

Hum... não sei se entendi bem, e apesar de não parecer uma frase de efeito, o q eu mais gostei foi: "Apagou alguns números da agenda e era um primeiro passo para o ponto e vírgula (;)."

pq eu gosto dos ;, eles são incríveis...

bejoo!

Luminosidade. disse...

huhuehuahhhauhe...
menina, eu também fiquei arrasada quando eu soube!
e, acredite, daqui a uns tempos você não vai mais achar o Pierce "o cara"!
hahahahahaha...
beijoo!

Estêvão dos Anjos disse...

:D

n sei pq mas n gostei desse n :(
sei la acho foi pq to no trab :p

comparando com os q vc escrevia antes eu achei q esse caiu um pouco :(

so q eu me identifiquei um pouco com a persoangem eal passa um poucio de insegurança nas decisões
bem eu :p

chero polaca

Camila Falcão disse...

nossaaa!! é impressionante como vc escreve bem!!!!!
vim dar uma olhada hj e adorei o q li! mas, dessa vez, n vou dar vexame: sou sua fã!!!! (n aguentei!) rsrsrsr
bjos

Liu - a fotógrafa, diretamente de uma quarto alugado em São Paulo disse...

eiii.. peraê. vamos fazer aqui uma parceria que é o mais adequado. Primeiro porque tu n tem moral ainda pra chefa... tá mais pra minha estagiária que outra coisa. Segundo que eu já peguei sua senha... hahahahahaha terceiro... (tem q ter um terceiro?) ahhh porque as fotos são minhas! hahahahaha
eu adoro essa!
beijo maluca!

tati-voronkoff disse...

legal, gostei do lance da sopa da noite e do ponto e virgula :)

-tati amiga do tuku