terça-feira, 30 de setembro de 2008

O outono é aqui .




- Você não se importa com tantos sonhos impossíveis?
- Você não se importa de ser tão amarga?
- Eu perguntei primeiro!
-Isso não é um jogo.
-Você sempre foge.
-Assim como você. A diferença é que eu sonho, e não, não me importo com impossibilidades.
- Eu me importo.
- Eu sei, você se importa com tudo.
- Isso não é verdade. Eu não me importo com você.
-Você é quem pensa.
-Eu acho que você acha demais
-Vê?  
-Eu só queria saber porque diabos isso significa tanto pra você
- É por isso que eu não me importo com o fato de sonhar impossibilidades.

Lado a lado, o  ar sujo da cidade percorreu o interior dos dois corpos distintos. E se libertou.





10 comentários:

Ludmila Prado disse...

linda foto!
sonhar impossibilidades... acredito que as vezes faz bem quando estamos com os pés bem fixos no chão.
beijos

darsh. disse...

líviaaaaaaaaaaaaaaaa
vou colocar algumas fotos que tirei na matéria de Fotojornalismo no orkut depoissssssssss
tipo, minhas primeiras fotos, não repara uhahuahuahuahu
nem chego no seu nível (não agora!)

beijos, ;*

Paula Calixto disse...

Cada escolhe o mastro onde ateia sua bandeira.

Beijos.

tati-voronkoff disse...

que legal esse dialogo :)
lembra mtos alguns que tenho, hehe.
problemas de comunicação.


(nunca mais tinha vindo aqui xD)

crap disse...

isso me fez pensar em frases de sandman, mas nao sei onde elas estao. =\

bom texto. bem bom.

Sarinha disse...

"Eu acho que você acha demais"

sabes como acho isso minha cara?!
kkkkk
te amo, escritora! (L)
;*!

o Cronista disse...

acho q nos tds achamos demais
rsrsrssr

Natália Souza disse...

hahahaha
se toque minha filha, vc tbm é uma ex afinal! então vc é eterna!
Uiiê! :*:*

Brunadovinil disse...

Sonho tantas impossibilidades.



Talvez nem tantas. Só eu que faço-as impossiveis.


Amo.
Saudade.
Beijo.
Novo blog.

Nelson disse...

sonho muitas impossibilidades.
e me importava.
mas percebi q não são impossiveis...

texto legal!

=*